quinta-feira, 3 de julho de 2008

nunca se sabe onde vai nascer a próxima espinha


2 comentários:

Babi disse...

um lugar digno.

a sêde do peixe disse...

é oeh! se pah cê ainda teve sorte...